Costumes das mulheres Chinesas, “Pés de Lotus”

sapatinho de lotusNo passado, os pés das mulheres chinesas eram considerados estranhos em seu tamanho normal. A beleza e virtude da mulher chinesa estava vinculada ao tamanho de seu pé, que tinha que se assemelhar ao tamanho de uma pequena “flor de lotus”.

Uma das versões apontadas para a existência desta prática, foi que, um imperador nos finais do século IX, ficou encantado por ver uma concubina com os pés muito pequenos, dançar sobre um palco em forma de flor de lótus, onde passou a derivar esse nome às mulheres chinesas que passaram a deformar os seus pés.

Outras fontes dizem que o nome se refere ao formato dos pés que ficam curvados para cima, em forma de “lótus”, depois de anos e anos enfaixados com ligaduras apertadas o suficiente para quebrar os ossos, arqueando o pé e interrompendo assim o seu crescimento.

Esse antigo costume, cruel e bizarro, começou durante a dinastia Sung (960-976 aC), com a intenção de imitar uma concubina imperial, que era obrigada a dançar com os pés enfaixados.

Enfaixar os pés desde menina, com ataduras apertadas o suficiente para quebrar ossos e arqueá-los, interrompendo o crescimento, foi um costume na China por muito tempo, pelo menos desde o início do século X.
O enfaixe começava aos 5 anos de idade, tradição passada de mãe para filha, e tinha por objetivo atrair o sexo oposto e conquistar um bom casamento.

As ataduras dobravam os quatro dedos menores até a sola dos pés e forçavam o calcanhar para dentro, exagerando o arco. O processo era torturante. Garotas choravam em agonia, incapazes de comer, beber ou pensar por causa da dor.‘‘Claro que isso era doloroso’’, lembra Wang Yixian, 78 anos. ‘‘Mas se você não enfaixava os pés, não achava marido.’’pes de lotus

Famílias pobres viam neste processo a possibilidade de conseguir uma vida melhor para as filhas, para demonstrar valor e o status.
O que é facto, é que muitos chineses dessa época achavam os “pés de lótus” muito eróticos, considerados a parte mais íntima da anatomia da mulher.

Muitos chineses achavam os pés atrofiados muito eróticos, como os seios são para os americanos e o bumbum para os brasileiros. A idéia era de que unidos, lembrassem a flor de lótus e formassem uma ‘segunda vagina’, muitas vezes mais interessante para o homem do que a própria vagina. Um pé enfaixado com sucesso tinha de 7cm a 10cm. Andar era difícil: as mulheres oscilavam de um lado para o outro, o que também lembrava a imagem da flor de lótus ao vento.

Alguns homens, rapazinhos que eram ‘adotados’ por homossexuais, também tinham os pés enfaixados. Os homossexuais e travestis chineses que não tinham os pés atrofiados, procuravam imitá-los, passando pela tortura de usarem sapatos muito estreitos e pequenos,

Em menor grau, tais costumes eram comuns na Coréia, na Indonésia, no Tibete, no Japão e em outras localidades da Ásia. Em 1963, o professor Francis Hsu escreveu que os judeus que viviam na China também faziam suas filhas ter os pés atrofiados.

Pés Enfaixados x Comunismo

Reformistas, durante a última dinastia chinesa, a dos Qing, tentaram banir a prática do atrofiamento dos pés mas o costume só foi abolido quando os reformistas, durante a última dinastia chinesa, a dos Qing, tentaram banir a prática do atrofiamento dos pés mas o costume só foi abolido quando os comunistas tomaram o poder em 1949.

Mulheres que tiveram seus pés enfaixados pela maior parte de suas vidas foram chamadas a desenfaixá-los depois que os comunistas assumiram o poder e baniram o costume, em 1949. O que uma vez disseram que era bonito tornou-se tão ridicularizado quanto repulsivo. Mulheres que tinham suportado a dor para encaixar-se em ideais de beleza eram repentinamente objeto de escárnio.

A prática banida deixou problemas de saúde visíveis nas mulheres cujos pés foram alguma vez enfaixados. Um estudo de 1997 do Jornal Americano de Saúde Pública mostrou que elas são mais suscetíveis a quedas e têm riscos maiores de fraturar a espinha e os quadris.

Um poema do começo da dinastia Song, do poeta e político Su Shi, que viveu de 1036 a 1101, exalta as beldades dos pés enfaixados, mas reconhece a sua dor:

«Ungida com fragrância, ela tem passos de lótus;
Ainda sempre triste, caminha com rápida leveza.

Ela dança como o vento, sem deixar vestígios
Outra furtiva, mas alegre, veste-se ao estilo do palácio,
Mas sente tal sofrimento no andar!”

Apesar deste costume parecer cruel e bárbaro para o pensamento moderno, estudiosos lembram que, no Ocidente, algumas mulheres compram sapatos muito pequenos para parecerem mais atraentes e sujeitam-se a usar saltos bastante altos para ficarem mais atraentes e sujeitam-se a usar saltos bastante altos para ficarem mais elegantes.

Fonte:umportudo.blogspot.com.br

Deixe seu comentário

Você precisa estar Registrado para comentar em uma postagem.

Economize

[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2013/05/Yazigi1.jpg" alt=""]Yazigi
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2013/05/UMBê2.jpg" alt=""]UMBê
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2013/05/Tom2.jpg" alt=""]Tom
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2013/05/Saúde2.jpg" alt=""]Saúde
<
>

Achados

[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2013/05/herbalife-denis.jpg" alt=""]herbalife denis
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2013/05/Guaicuru-site.jpg" alt=""]Guaicuru site
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2013/05/akane.jpg" alt=""]akane
<
>

Produtos

[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2012/06/590x3452.jpg" alt=""]590x345
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2012/06/andesr1.jpg" alt=""]andesr
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2012/06/590x3454.jpg" alt=""]590x345
<
>

Banner

<
>

Eventos

[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2012/06/590x3452.jpg" alt=""]590x345
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2012/06/andesr1.jpg" alt=""]andesr
[img src="http://revistanovatendencia.com/wp-content/uploads/2012/06/590x3454.jpg" alt=""]590x345
<
>